Look do Dia do Dia

Esse post foi originalmente ao ar em agosto de 2012.

lddddretANA

Conheci essa semana o blog da Ana Luiza Castro. De vez em quando, fico pulando de link em link e conhecendo uns blogs novos. Ela tem um corpo incrível, gente. Sério. Quase todo look por lá veste ridiculamente bem nela.
Esse seria perfeito se a saia não fosse tão curta. Desconfortavelmente curta, é o que parece. Acho muito legal usar preto e branco e deixar cores fortes contrastantes para os acessórios, mas não consigo nem analisar muito além disso.
Antes de mais nada, não achei o look vulgar. A blusa é comportada e tudo é bem “tranquilo” no visual todo. Mas a saia é tão curta que estragou as proporções do corpo. Pernas são pra mostrar, eu sou super adepta do super curto e tenho pernas rolicinhas. Só que nesse caso parece que a saia é pequena, que não é dela. Sabem?
O que vocês acham? De verdade, quero saber mesmo.

Posts retroativos do LDDDD pertenciam ao blog anterior. Todos passaram por uma re-análise, mas mantive o mesmo texto por motivos de ainda concordo com a minha própria opinião a respeito.

Anúncios

Look do Dia do Dia

Esse post foi originalmente ao ar em junho de 2011.

lddddretDL

Esse look é da Sydney do blog The Daily Book. E gente, eu achei muito muito gracinha.
Sabe aquela história de look da cabeça aos pés (de novo)? Acho que tem muito mais do que roupas aí contribuindo para esse ser um look legal. O cabelo e o batom, principalmente, dão contraste e uma modernizada necessária num visual bem clássico. Os detalhes, como o plissado da saia, a manga da camisa dobrada e o cinto mais masculino são essenciais também.
Afinal, a combinação saia no joelho + blusa fechada até em cima + cabelo solto é um perigo para quem não quer sair por aí tipo vó.
O sapato poderia ser substituído por um que o peito do pé aparecesse, não acham? Ia alongar bem a silhueta. Ele só não assassinou o look por ser de cor neutra e bem próxima do tom da saia.
Posts retroativos do LDDDD pertenciam ao blog anterior. Todos passaram por uma re-análise, mas mantive o mesmo texto por motivos de ainda concordo com a minha própria opinião a respeito.

Look do Dia do Dia

Esse post foi originalmente ao ar em maio de 2011.

lddddretOT

Eu conheci esse blog Mãe, Que Roupa Eu Vou há pouco tempo. Vou lá pra ver os looks que acho sempre bem vida real.
Mas acho que to virando a louca da cartela de cor. Esse look aí de cima tinha tudo pra ser o famoso básico sem ser chato. Acontece que a cartela de cores ficou tão bagunçada, mas tão, que eu separei no cantinho direito a quantidade de cores que tem no mesmo look.
Coordenar cores não é fácil. Você pensa “marrom, azul e bege” fica lindo. Mas não três tons de cada cor, certo? Tem que ter cuidado.

Posts retroativos do LDDDD pertenciam ao blog anterior. Todos passaram por uma re-análise, mas mantive o mesmo texto por motivos de ainda concordo com a minha própria opinião a respeito.

Look do Dia do Dia

Esse post foi originalmente ao ar em maio de 2011.

lddddretTN2

Taí uma moda perigosa desse inverno. Nas andanças blogs afora, foi difícil encontrar quem acertasse no look-saia-longa-e-top-manga-comprida.
A Thássia, pra mim, foi uma das que chegou mais perto. A acinturada no suéter foi super esperta e deu forma pro corpo (que já é bem magrinho e contribuiu para a leveza do look). Ela acertou na escolha do top de gola V + manga arregaçada, mostrou pele e não ficou com jeito de velhinha.
A combinação ankle boot de salto fino (!) com o comprimento curto demais para uma saia longa assassinou o look, porém. Fuén.
Quase, quase.

Posts retroativos do LDDDD pertenciam ao blog anterior. Todos passaram por uma re-análise, mas mantive o mesmo texto por motivos de ainda concordo com a minha própria opinião a respeito.

Look do Dia do Dia

Esse post foi originalmente ao ar em maio de 2011.

lddddretMT2

Sabe quando você tem uma gaveta na casa do namorado? Aí, vai deixando lá uma blusa num dia, uma saia noutro… Cê dorme lá na sexta-feira, sábado tem que encontrar as amigas, e você pensa: Ih, nem vou levar roupa, minha gaveta tá cheia.
BIG MISTAKE.
Acontece que a chance de sair toda desconectada que nem a Marcela Tranchesi nesse look para a 284 é gigante. Short jeans claro desfiado + blusinha de renda + camisa xadrez + bolsa de lady = não deu certo.
A blusa de renda e a bolsa pertencem a um look. O short e a camisa a outro. Não curti.

Posts retroativos do LDDDD pertenciam ao blog anterior. Todos passaram por uma re-análise, mas mantive o mesmo texto por motivos de ainda concordo com a minha própria opinião a respeito.

Look do Dia do Dia

(tá liberado voltar com o tópico como se o blog não tivesse sido abandonado? ;))

Vamos conversar sobre esse look da Denise, do blog Diário de Acessórios?
deniseldddd
Primeiro, uma mini história: Ainda em NY, cismei que queria vestir jeans com jeans, apesar de ter problemas seríssimos com a combinação (leia-se: não conseguia realizá-la de forma satisfatória). Então, eu obcequei em acertar e achar um jeito de usar que me deixasse confortável, para depois ir ousando aos pouquinhos. Aliás, é o que eu sugiro para todo mundo que quer tentar alguma coisa nova. Pois, a fim de arrasar com meu jeans com jeans, eu passei a “colecionar” imagens inspiradoras. Assim, toda e qualquer foto da combinação me atrai.

Fim do prólogo.

Eu não gosto desse look da Denise. E sempre que eu não gosto (ou gosto) de alguma coisa, eu tento entender o motivo. – Daí o hábito de supra analisar qualquer coisa.

Indo na contramão da vida, uma das coisas mais difíceis de fazer ao se vestir é combinar duas peças “iguais”: duas peças da mesma cor, do mesmo tecido, da mesma textura. Para não errar o truque é simples… Ou você consegue a proeza de achar gêmeos idênticos, ou você aposta nos iguais mais diferentes possíveis. Confuso?

Olha o look aí em cima. Os tons de jeans, o peso do tecido e até o tipo de caimento são parecidos demais, mas não o suficiente para serem exatamente iguais (ignorem a rima, prfvr). E isso é esquisito, daquele tipo de esquisito que você sabe que não amou, mas não sabe dizer exatamente por quê.

A diferença que faz quando mudamos só os tons dos jeans, é gritante. E, na minha opinião, faz do look muito mais elegante e coerente com a personalidade da própria Denise.
deniseldddd-mod
Pena que eu não consigo mudar o peso do tecido no photoshop também, quem sabe um dia. Eu tentaria também combinar jeans com caimentos diferentes. Se a calça é mais boyfriend/oversized, preferiria um top mais ajustado ao corpo.

Porém, esse look tem bons truques para quem curte combinar parte de cima e parte debaixo com caimentos mais larguinhos: mangas e bainhas dobradas para mostrar pulsos e tornozelos (partes magrinhas do corpo), decote com botão aberto para alongar a silhueta e acessórios mais finos.

Para quem nunca viu o Look do Dia do Dia original, aqui está o falecido, é só clicar em qualquer lugar dessa frase.

Look do Dia do Dia

A Carol Burgo é das minhas blogueiras preferidas e, mais do que isso, entende suas proporções como ninguém na hora de se vestir. Adoro que ela faz escolhas ousadas, brinca e arrisca com as modelagens no corpo. No Tumblr antigo, os looks dela eram bastante frequentes.
IMG_2094 copy
Sobre esse aí da foto… Se você prestar atenção, ele é cheio de truques ótimos. O sapato da mesma cor que a meia calça é perfeito para alongar as pernas. O blazer é propositalmente oversized e podia ter transformado o corpo dela em um triângulo invertido, mas o comprimento da saia e os detalhes bordados (?) criam uma linha imaginária horizontal que equilibram as proporções.

A criação de linhas horizontais no look pode ser super perigoso (oi, engordativo?). Mas esse blazer tem um movimento super interessante que não só cria uma linha vertical para equilibrar, como simula uma cintura-marcada. Se não fosse assim, corria o risco de ser um look boxy demais.

Mais uma coisa bem legal. O colar só funciona ali porque divide a atenção do ponto focal com a estampa da camiseta. E vice-versa. Se o colar não existisse, a estampa da camiseta não ia funcionar. Como é um look com muito peso no centro do corpo, é interessante esse colar pesado bem perto do pescoço.

A única coisa que eu mudaria, seria o cabelo. Acho que solto e com volume no comprimento, ficaria tudo ainda mais equilibrado e dividiria mais o peso do centro do look.